Home Monitoração Zabbix Monitoração pode salvar empresas de grandes prejuízos. Saiba mais.

Monitoração pode salvar empresas de grandes prejuízos. Saiba mais.

1824
0
COMPARTILHAR

Apresento para vocês um tema que vou começar a abordar mais a fundo, pois estou vivendo isso dia-a-dia e cada vez mais tenho noção da dimensão de ter uma monitoração no ambiente/empresa. Melhor ainda é ter uma BOA monitoração, customizada olhando para o negócio da empresa e de seus Clientes, com inteligência e lógica, se antecipando aos problemas e desastres que pode gerar grandes impactos e prejuizos para a empresa e seus Clientes.

Já utilizei e utilizo diversas ferramentas de monitoração como Nagios, System Center Operations Manager, CA Spectrum e Zabbix. Estou me aprofundando mais em Zabbix que é o qual eu utilizo neste momento. Comprei um curso de um grande especialista no produto que é o Jorge Pretel. Aprendi e estou aprendendo muito de Zabbix por conta desse excelente curso, que faço questão de indicar para vocês que leem este artigo, segue link: https://www.jlcp.com.br/produto/monitoramento-com-zabbix. Recomendo esse investimento, valeu muito a pena. Quem tiver interesse, ainda pode contar com um desconto de 20% através do cupon strippoli, que o Jorge concedeu exclusivamente para as pessoas que estão lendo esse artigo e querem investir neste excelente produto.

Qual é o principal objetivo de monitorar um ambiente?

A minha resposta é: Se antecipar aos problemas que possam causar impactos ao negócio da empresa ou de seus Clientes.

Primeiro passo

Pra você que ainda está na “estaca zero”, não queira dar um passo maior que a perna, pois não é esse o caminho. Eu parto do principio que uma coisa que ainda não existe, tem que ser implantada corretamente para funcionar bem e ser um sucesso. A pressa, é sim inimiga da perfeição.

Inicialmente você precisa conhecer o ambiente da sua empresa ou do seu Cliente, entender o que a empresa faz, qual o conjunto de equipamentos que são considerados críticos (servidores, storage, switches, firewalls, etc.). Ter uma visão do negócio da empresa e entender as necessidades, pois sua monitoração será customizada em cima disso.

Pra quem não possui nada monitorado, sair do zero já é um começo. Por exemplo, monitoração básica de servidores como consumo de CPU, espaço em disco e consumo de memória, já é um inicio. Considerando a ferramenta Zabbix, você já terá uma visão dos gráficos abaixo (clique na imagem para ver no tamanho original):

Grafico_MemoryPercentualO gráfico acima mostra o percentual de consumo de memória.
Grafico_ProcessorO gráfico acima mostra o percentual de consumo de processador.
Grafico_DiskSpaceO gráfico acima mostra a utilização do disco C de um servidor.

Separei esses 3 gráficos somente para dar uma noção inicial do tipo de dado que conseguimos extrair. Lembrando que cada item de monitoração podemos definir thresholds para gerar alarmes, dando condições de você ou sua equipe atuar e se antecipar a futuros problemas mais graves. Você pode por exemplo definir thresholds para criticidade baixa (informação), atenção, média, alta e desastre. Lembrando que essa customização vai de acordo com o negócio da sua empresa ou Cliente. Existe sim thresholds padrões para esses itens, mas nem sempre todos eles atendem o negócio.

Zabbix_Dsashboard

Segundo Passo

Depois que você tiver o básico, é hora de começar a dar mais inteligência para a sua monitoração. Focando em monitoração de performance, cenários, comportamentos, etc.. Se você tiver um histórico de 3 meses do ambiente, recomendo analisar cada item de monitoração para conhecer melhor o seu ambiente e definir thresholds para aqueles itens que julga críticos para o seu ambiente. Tenha em mente que nem todos os itens que são monitorados (chamados de triggers também) são críticos. Mais uma vez repito, varia de acordo com cada ambiente.

Compartilho com vocês mais 2 gráficos:

Grafico_DiskLatencyWriteEsse gráfico mostra a latência média de gravação de um disco.
Grafico_FileExchange

Esse gráfico acima mostra a fila de mensagens no servidor Exchange.

No caso desse gráfico do Exchange, os thresholds foram definidos de acordo com um artigo oficial da própria Microsoft. Então, é importante você verificar com o fabricante do produto quais são os thresholds que eles recomendam para determinado item a ser monitorado.

Citei aqui apenas alguns itens de centenas que monitoramos atualmente. A cada dia temos novos itens sendo monitorados, novos thresholds configurados, ajustes de templates, etc..

Onde consigo templates pré-definidos de Zabbix?

Simples e fácil. Segue endereço do site que compartilha diversos templates gratuitos e que já possui tudo o que você precisa para começar a monitorar seu ambiente.
https://share.zabbix.com

Lembre-se que se especializar no produto trará mais segurança para você administrar a ferramenta e deixará sua empresa e seus Clientes mais tranquilos, sabendo que você está se especializando no produto. Indico novamente o curso do Jorge Pretel que pode ser adquirido no site https://www.jlcp.com.br/produto/monitoramento-com-zabbix.

O artigo termina aqui, mas eu poderia escrever mais algumas milhares de linhas sobre esse assunto gigantesco e de extrema importância para as empresas e os administradores/Analistas de Infraestrutura.

Deixo aqui uma última tela que mostra um dashboard com diversos gráficos que conseguimos através de um complemento para o Zabbix chamado Grafana.

2c6caea7-5ba6-2016-8c15-91fbb8bf1d49

Deixe uma resposta